Peixe Jaú: Características, Habitat e Dicas de Pesca

Peixe Jaú

O Peixe Jaú, uma das espécies mais fascinantes encontradas nas bacias do rio Amazonas e do rio Paraná, é conhecido por sua impressionante dimensão e voracidade ao atacar suas presas. 

Seu nome científico é Zungaro zungaro, um peixe teleósteo da classe Actinopterygii, considerado um dos maiores peixes brasileiros.

Neste artigo, exploraremos as características físicas e os hábitos desse magnífico peixe, seu habitat natural, sua alimentação e forneceremos dicas valiosas para a pesca do Jaú.

Características

O Jaú, também conhecido como Jundiá da Lagoa ou Baú Gigante, é um peixe de água doce com couro resistente, coloração marrom e manchas pretas no dorso e abdômen branco. 

Sua cabeça achatada é uma característica distintiva, ocupando cerca de um terço do comprimento total do corpo. 

O peixe Jaú pode atingir impressionantes 1,60 metros de comprimento e pesar até 120 kg, sendo considerado um dos maiores peixes de água doce do Brasil.

Habitat

O Peixe Jaú é conhecido por habitar rios e poços profundos, geralmente próximos ao final das corredeiras. 

Essa espécie é mais comumente encontrada nas regiões norte e centro-oeste do Brasil. 

Seus hábitos são predominantemente noturnos, e seu ambiente de alimentação inclui áreas de sombra e luz penumbrosa

Esses peixes têm uma preferência por habitats subaquáticos escuros, onde as larvas de outros peixes são abundantes.

Alimentação do Peixe Jaú

O Jaú é um peixe carnívoro voraz, alimentando-se principalmente de outros peixes de escamas. 

Durante a estação seca, é comum que o Jaú se esconda em locais estratégicos, como poços criados por cachoeiras, para se alimentar dos peixes que desovam no rio. 

Essa estratégia de camuflagem e emboscada é uma maneira eficiente de capturar suas presas. 

Sua alimentação é uma parte essencial de sua dieta, permitindo que o peixe Jaú atinja seu tamanho e peso impressionantes.

Onde Encontrar o Peixe Jaú

Se você está interessado em pescar o Peixe Jaú, os melhores lugares para encontrá-lo são nas regiões norte e centro-oeste do Brasil. 

Rios e poços profundos são os locais mais propícios para sua presença. Observe que a pesca do Jaú pode ser um desafio, pois a espécie é conhecida por se esconder habilmente e usar a correnteza a seu favor. 

Portanto, é necessário ter paciência e estratégia ao procurar esse magnífico peixe.

Dicas de Pesca do Peixe Jaú

Dicas de Pesca do Peixe Jaú
  • Utilize uma tralha pesada: Peixes grandes requerem equipamentos resistentes. 
  • Opte por uma tralha pesada, que proporcionará maior resistência durante a pesca.
  • Escolha linhas robustas: Utilize linhas de 30 a 80 libras para suportar a força Jaú durante a luta.
  • Utilize chumbadas adequadas: 
  • Escolha chumbadas de 200 gramas a 1 quilo, dependendo do ambiente e das condições da pesca.
  • Iscas vivas e inteiras: Prefira utilizar iscas vivas e inteiras, como moto, mussum, cascudos, traíras e piaus, para atrair o Jaú.
  • Localização estratégica: Concentre-se em arremessar a isca nos postos logo após as corredeiras, pois essas áreas costumam ser frequentadas pelo Jaú.
  • Paciência e percepção: Aguarde até que o peixe coloque a isca na boca e tome um pouco de linha. 
  • Esteja atento às puxadas e sinais de presença do Jaú.

Conclusão

Peixe Jaú é uma espécie fascinante da região Norte e Centro Oeste, conhecida por sua imponência e voracidade. 

Sua beleza e desafio de pesca tornam o Jaú um alvo procurado por pescadores esportivos. 

Ao compreender suas características, habitat e hábitos alimentares, bem como seguir as dicas de pesca mencionadas, os pescadores têm a oportunidade de vivenciar uma experiência única na busca pelo majestoso Jaú. 

Lembre-se sempre de respeitar as regulamentações locais de pesca e praticar a pesca esportiva responsável.

Profissional do Marketing, Blogueiro, apaixonado por Pesca Esportiva e Caiaque. Aqui conto um pouco de minha experiências, curiosidades, dicas e Reviews de Caiaques.
Deixe seu comentário